Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OuremReal

OuremReal

31.10.18

Os bolsonaros


ouremreal

O facto de 55 milhões de brasileiros terem escolhido um presidente que se tem manifestado como racista, vingativo, misógino, não seria muito importante, no meu ponto de vista, visto que, afinal, foi uma decisão tomada por uma enorme quantidade de pessoas, que, nem todas serão analfabetas, estúpidas e tão racistas, misóginas e vingativas como o seu eleito, se, por detrás da sua decisão, não houvesse motivos demasiado preocupantes. As pessoas cansaram-se! Da insegurança, da corrupção, da impunidade, do agravamento, em geral, das suas condições de vida! E viam no outro candidato, com ou sem razão, (não sei!) a continuidade do estado de coisas e da situação em que caíram. Acho, até, que muitos dos que elegeram Bolsonaro o fizeram mais para se manifestarem contra o candidato do PT, para impedirem a sua eleição, do que por concordarem com tudo o que aquele candidato de extrema-direita afirmou que irá fazer e os valores que defende. O verdadeiro problema está nas causas que motivaram a decisão dos eleitores e é nessas causas que nos devemos concentrar. Todos vimos a cobardia de um candidato que se recusou a debates com o adversário. Todos vimos a tática que usou, desde o uso que fez das redes sociais à aliança com a igreja evangélica e à aproximação aos militares, ao ponto de dizer que a sua eleição foi um milagre e que foi enviado por Jesus e que a ditadura militar que governou o Brasil com mão de ferro, desde o golpe de estado de 1 de abril de 1964 até 1985, afinal, não foi ditadura nenhuma. Quem tiver dúvidas sobre essa ditadura basta que procure a informação disponível na internet; e lá não estará tudo, certamente! E se aquilo não foi ditadura…então…será a conceção que o candidato, agora futuro presidente, Bolsonaro tem de democracia. E 55 milhões votaram nisso! Deve ser um gozo para os que o elegeram! Já os do “contra” será bom que se cuidem!

Mas o que os brasileiros decidiram é lá com eles! Esperemos que as perseguições políticas não desencadeiem uma fuga do tipo “mediterrânico” com barcos e mais barcos carregados de gente a pedir asilo à Europa!

Mas fica um aviso! E sério! A esquerda, a democrática, tem muito em que refletir e aprender! A permissividade, a facilidade com que permite que os anticorpos se movimentem, na ilusão de que a democracia também é isso…! A constante preocupação de que todos temos todos os direitos, mesmo que não respeitemos os dos outros e nos esqueçamos dos deveres…! A pouca exigência, mesmo que aparente, de que quem detém o poder, a qualquer nível, o faça com total isenção e com absoluta transparência...! A falta de exigência de que tudo deve caminhar, constantemente, para a maior eficiência possível...! A falta de autocrítica e a capacidade de corrigir, atempadamente, o que estiver menos bem...! O “deixar andar” e não estar sempre atento e corrigir, na hora, todas as mentiras, ou meias verdades, que circulam, abundantemente, por tudo o que é comunicação e rede social...! Prometer e não cumprir, ou, no mínimo, não justificar a razão do não cumprimento...! A falta de senso, ou de sentimento, nas prioridades das decisões políticas…Tudo isso vai corroendo, vai abrindo caminho à permeabilidade da propaganda adversária e acaba, inevitavelmente, por causar sentimentos que levam à “necessidade” de um salvador. E se a religião entra nisso…então…!

 

O.C.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.