Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

OuremReal

OuremReal

20.04.19

Factchecking


ouremreal

Maria João Rodrigues foi repreendida no Parlamento Europeu por "assédio sexual" a uma assistente?



Isto está “escarrapachado” com letras garrafais na página de uma “coisa” que se intitula de jornal de factchecking, que dá pelo nome de “polígrafo” e que, pelos vistos, anda a divertir muito boa gente nas redes sociais. Ora, como sabemos, polígrafo é o nome que se dá a uma máquina de detetar mentiras e factchecking poder-se-á traduzir (+ ou –) por “testar factos”, a fim de concluir se são verdadeiros ou falsos. À falta de ideias mais construtivas, os autores desta “coisa”, preocupadíssimos com o apuramento da verdade e dar conta dela aos seus leitores, usa a seguinte estratégia: faz perguntas, lança suspeitas sobre pessoas, factos, situações várias e, conforme os objetivos a atingir, põe em destaque o que causa mais impacto. Na notícia acima transcrita o que está entre aspas é falso. Afinal tratou-se de assédio laboral, que é coisa diferente. Só que para se chegar a esta conclusão é preciso ler a notícia toda. E, bem lá no final da conversa, lá vem o esclarecimento. Mas...é preciso ler! Quem se ficar pelas letras gordas dos cabeçalhos fica, apenas, com a mentira que passa a considerar como verdade. E os donos do pasquim sabem disso! É caso para dizer que a “sacanice” já não tem limites! Era para dizer “filhadaputice”, mas não digo – o computador não reconhece o vocábulo, portanto não será muito recomendável! Fico-me por aqui!



O.C.