Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OuremReal

OuremReal

05.10.12

5 de outubro


ouremreal

5 de outubro de 1910!

Um golpe de estado organizado pelo partido republicano português destituiu a monarquia constitucional e levou à proclamação da república, neste dia, em Portugal!

- A profunda instabilidade política e social em que se vivia;

- O regime ditatorial do governo de João Franco;

- Os gastos da família real;

- O poder da Igreja;

- O atraso em que o país estava mergulhado;

- A ineficácia da alternância governativa dos partidos progressista e regenerador;

- A subjugação do país aos interesses ingleses que se vinham avolumando desde o ultimato de 11 de Janeiro de 1890;

- O descontentamento generalizado, agravado com a crise financeira de 1890 – 1891;

Eram os principais ingredientes de uma situação à beira da explosão que culminou com a proclamação da república, da varanda da Câmara Municipal de Lisboa, quando eram 9 horas da manhã daquele dia 5 de Outubro de 1910.

 

5 de outubro de 2012!

Cento e dois anos depois, dezenas de governos e milhares de políticos experimentados, o que temos nós?

- Vive-se num profundo descontentamento social e a instabilidade começa a preocupar;

- Um governo que gere o país numa autêntica ditadura financeira;

- Os gastos supérfluos do Estado aumentam para proveito duma minoria de privilegiados, com especial destaque para os detentores de cargos políticos;

- A Igreja beneficia de regalias que não são extensivas a todos;

- Milhões de euros vindos da CEE/UE, muitos a fundo perdido, não foram devidamente aproveitados para desenvolver o país e, nalgumas áreas, o atraso em relação aos nossos parceiros europeus é notório;

- A ineficácia das governações sucessivas dos partidos da área do poder tem sido tal que nos conduziu à triste situação que estamos a viver;

- Um país subjugado a interesses estrangeiros a ser gerido por uma Troyca capitalista que nos vai asfixiando;

- O descontentamento generalizado, agravado com a crise financeira que atravessamos, vai-se agudizando cada vez que o governo que temos chega à conclusão que vai falhando nas políticas que implementa e decreta mais aumentos de impostos, ao mesmo tempo que vai cortando nos já reduzidos benefícios sociais;

- Um primeiro-ministro que, demagogicamente, descobriu que a salvação da produtividade do país está na abolição de quatro feriados e, inteligentemente, decidiu que um dos que devia desaparecer seria o que comemorava o dia da implantação da República – o 5 de Outubro!

Estes são alguns dos ingredientes que temos, que muito se assemelham aos de 1910!

E se não se espera que alguém tenha que ir à varanda da Câmara de Lisboa, proclamar o que quer que seja, espera-se e deseja-se, que alguém tenha o bom senso de parar com este descalabro.

Enquanto é tempo!

 

O.C.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.