Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

OuremReal

OuremReal

12.08.12

Submarino ao fundo


ouremreal

Onde raio é que foram parar os documentos do negócio dos submarinos?

E onde é que esses documentos deviam estar e não estão?

E quem é/era/devia ser responsável pela pasta, dossiê, disquete, disco, pen, ou coisa parecida, onde estavam/estariam/deviam estar guardados?

Ou estavam na "nuvem"? À guarda de um hipotético guarda celestial que se esteve nas tintas para as recomendações e preocupações do ministro da pasta e, durante o seu quarto de sentinela, se deixou passar pelas brasas e permitiu que o inimigo se apoderasse do tesouro?

Então! E agora como é?

Se isto acontecesse num país a sério, era uma chatice! O guarda, por mais celestial que fosse, estava feito num oito! O ministro ia à vida e tinha que se desembrulhar, custasse o que custasse, como diz o outro! E o responsável pelo serviço onde deviam estar os documentos estava, no mínimo, fechado, até se lembrar do que fez aos ditos.

Como isto acontece no mais descentrado dos periféricos, onde a corrupção entrou na dieta mais básica dos indígenas...não acontece nada!

Quando muito: se não há documentos, não avança o processo! Se não pode avançar o processo, não pode haver julgamento! Arquive-se!

Se não houve julgamento, não se apurou a culpa! Se não houve culpado é porque não houve crime!

Então se não houve crime, processe-se quem levantou a calúnia de que teria havido irregularidades na compra dos submarinos! E é bem feito!

Já agora: os submarinos existem?

 

O.C.