Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

OuremReal

OuremReal

30.01.12

Aeroporto "low-cost"


ouremreal

Portugal enlouqueceu de vez!

Impropriamente dito, claro está, porque este pobre país está é a ser vítima da “loucura” de alguém que, a governar-se (muitos), a tentar governar-se (outros tantos), governando (os incompetentes que o povo elegeu), desgovernando (os mesmos), vai de mal a pior, a correr para o abismo, arrastando consigo todos quantos não têm peso suficiente para se aguentar de pé. E é muita gente!

Todos nos lembramos, ainda, do folclore do ex-novo aeroporto, que foi da Ota, depois para Alcochete e, por fim, para o lixo. Todos sabemos, também, que nessa novela que correu na nossa comunicação social, meses a fio, se disseram coisas de fazer rir que acabaram por pôr muita gente com a lágrima no olho, que se chocaram interesses e desinteresses, que se fizeram afirmações sem pés nem cabeça, algumas ridículas, que se jogou muito, que se fizeram acusações, suposições e… o pior de tudo… se derreteram milhões de euros! Não sei quantos! Mas consta que foram muitos!

É assim uma coisa parecida com o ex-futuro comboio de alta velocidade! Essa é outra!

Então não é que agora o governo vai avançar com o estudo para a construção de um novo aeroporto! Um aeroporto low-cost! Para onde vão ser encaminhados os voos das companhias aéreas conhecidas pelo mesmo nome, porque, afinal, o aeroporto da Portela, em Lisboa, está a ficar congestionado!

E o mais cómico de tudo isto! E trágico também! É que vai ser construído, porque a Troyca manda! E como a Troyca de fora manda, a Troica de dentro faz, porque, assim, sempre tem a desculpa de dizer que o que está a fazer é para cumprir, escrupulosamente, o acordado. E para os “mercados” verem! Os tais mercados que, depois de nos terem metido no “lixo,” se preparam para nos enviar para a “etar”.

Não era em vão que Passos Coelho dizia, durante a campanha eleitoral, que estava pronto para governar com o FMI… ele sabia bem o que fazia, quando boicotou o tal PEC IV e provocou as eleições… Pudera!!!

E como não podia deixar de ser, os “artistas” já estão a entrar em cena!

O novo aeroporto deve ser perto de Lisboa. Parece que é a Troyca que quer… E para poupar nos custos (o tal low-cost), o aproveitamento de uma das bases da Força Aérea é uma das hipóteses. Assim, pode ser a base aérea do Montijo, ali ao lado, na margem sul, ou a base aérea de Sintra, na Granja do Marquês, um pouco a norte. Mas também pode não ser nada disto! Porque os interesses dos “interessados” é que vão ditar de que lado vai ficar o tal aeroporto. Do lado norte o maior peso autárquico é laranja; do lado sul parece que é vermelho. Por este aspeto, tudo leva a crer que as Troy(i)cas se decidam pelo norte. Depois há os belmiros, e os empreendimentos disto e daquilo, mais os “resorts” não sei de quê, mais os campos de golfe do não sei quantos, mais os turísticos “xpto”, mais os aldeamentos y e z, enfim, aquelas coisas todas que o povo inventa para se entreter; depois há sempre a
China. Se o governo do PSD português vendeu a EDP ao governo do PC chinês, (e a Troyca aplaudiu), nunca se sabe o que pode acontecer.

Tão amigos que eles são…!!!

Portanto, a novela está aí!

É só estar atento para ir seguindo os episódios. A coisa promete!

A menos que… o destino já esteja traçado! Há quem acredite nestas coisas do destino!

E, então, tudo será rápido. Sem grandes discussões. A Troyca de fora diz qual é o sítio melhor e a Troica de dentro cumpre.

O ministro Relvas determina e manda publicar. Cumpra-se. Ponto final.

 

O.C.