Sábado, 21 de Janeiro de 2012
"Ourém e seu concelho"

Por razões várias, só esta semana me apercebi que o jornal " Ourém e seu concelho" cessou a publicação com a emissão do seu último número em Dezembro passado. Um quinzenário que recebi e li ao longo dos anos. Um órgão de informação local, oureense, que recordará, para sempre, o seu fundador, JOSÉ MELO. Um amigo com quem conversei muitas vezes, sobre muitas coisas... até sobre jornais e toda a problemática que envolve a imprensa local e regional. Um homem com fortes e sólidas convicções. Que sabia bem em que meio se movia, conhecia os obstáculos que lhe dificultavam o caminho e sempre teve visão, inteligência e argúcia para os contornar. Percebi as razões que o levaram a fundar o "seu" jornal. Percebi a estratégia que adotou para o fazer vingar num meio suficientemente difícil como aquele em que nos temos de mover.

Com o seu desaparecimento, a obra foi continuada pelo filho, RUI MELO, que se foi vendo confrontado com um crescendo de dificuldades que não terá conseguido ultrapassar, porque ( esta interpretação é muito pessoal e suscetível de não estar certa) não soube ( ou não quis?) encontrar a estratégia adequada para continuar a assegurar a sustentabilidade do seu jornal. E essa sustentabilidade passaria, como sempre me pareceu que passou, pelo funcionamento da sua própria tipografia, pelo relacionamento com o poder local, pelos colaboradores do jornal, pela qualidade dos conteúdos e, como não podia deixar de ser, pela vontade do seu proprietário. Nestes cinco pilares assentaria a sustentabilidade/continuidade do jornal. Uns mais fortes do que outros, porventura, mas se todos funcionassem, acabaria por haver equilíbrio. A falência de um deles, ou o enfraquecimento excessivo de mais do que um, poria toda a estrutura em causa. Confesso que não sei o que se passou! Nunca tive com o Rui a facilidade e a abertura de diálogo que tinha com o pai! Mas algo aconteceu que conduziu a este desfecho. Fosse qual fosse a causa, ou causas, só tenho que a(s) respeitar!

Uma coisa é certa: O concelho de Ourém passou a ter menos um meio de comunicação onde cabiam diferentes ( e divergentes) opiniões, um órgão que durante os últimos 40 anos (não sei, ao certo, quantos) foi, quinzenalmente, dando a imagem de um concelho, das suas gentes, dos eventos relevantes, das lutas políticas. Concordássemos ou não com a linha editorial! Concordássemos ou não com o que líamos! E muitas vezes discordei!

Uma última palavra, ou melhor, duas ou três:

- Lamento o fim do "Ourém e o seu concelho"

- Obrigado JOSÉ MELO! Obrigado RUI MELO!

 

 

O.C.



publicado por ouremreal às 19:07
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Toupeiras

O crime não compensa!

30 kms / hora

IVA dos partidos político...

Somos os maiores!?

Santana - o exemplar

Terrorismo

Autárquicas 2017 - result...

Autárquicas 2017

Os incêndios e os donativ...

arquivos

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Setembro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds