Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OuremReal

OuremReal

13.01.12

O Município avisa...


ouremreal

O município de Ourém não quere automóveis na via pública com um papel no vidro a anunciar qualquer coisa que possa levar à conclusão de que o respetivo proprietário pretende negociar o dito.

Continuo a não perceber o porquê desta embirração, principalmente porque não entendo como é que um papel no vidro muda a situação de uma viatura de legal para ilegal, como é que uma folha de papel com um número de telefone escrito, coloca uma viatura numa situação de infração, propiciadora daquela cegada do... " põe o papelinho da multa, bloqueia roda, chama o reboque, leva o carro, paga a multa, mais o transporte do carro, mais as horas em que o carro esteve retido e à guarda não sei de quem, para, no final rapar cento e muitos euros ao pagante do costume". 

Não sei se é por uma questão de estética, se é um problema ecológico, ou se é por uma questão económica. Ou se a causa é outra!

Ao fim de quantos dias de estacionamento é que o município considera que a viatura está abandonada? E se não tiver o papel no vidro, o critério é o ,mesmo? E se o proprietário da viatura puser o tal papel e andar a circular, normalmente, a fazer a sua vida? É intercetado, mandado parar, carro bloqueado, multado e por aí fora? E se alguém achar graça e quiser alinhar na cegada e puser um papel no vidro sem nada escrito? Também está a infringir o código da estrada? Que artigo?

Pois, não é por nada, mas seria bom que o município se explicasse e arranjasse argumentos convincentes para não andarmos por aqui a correr o risco de fazer figura de parvos.

 

O.C.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.