Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

OuremReal

OuremReal

13.09.13

Exame de inglês


ouremreal

O ministro da educação anunciou que, a partir do ano escolar que agora se inicia, vai passar a ser obrigatória a realização de exame final de inglês para os alunos do 9.º ano de escolaridade. Contudo, a nota deste exame não conta para a nota final do aluno. Disse, ainda, que também se podem candidatar a este exame outros jovens com idades compreendidas entre os 11 e os 17 anos; que as provas vão ser organizadas pela universidade de Cambridge e que, quem quiser certificado do respetivo exame vai ter de o pagar; ao que se diz, custa 20 euros.

O meu comentário sobre isto:

1.º - Concordo com a realização do exame, que deverá ter prova escrita e prova oral.

2.º - A nota deste exame deveria contar, juntamente com as notas trimestrais, para a nota final da disciplina; não se compreende que se faça um exame se a nota não conta. Parece brincadeira!

3.º - Concordo que outras pessoas, além dos alunos do 9.º ano, possam fazer esse exame.

4.º - Não se compreende o motivo por que tem que ser um estabelecimento de ensino estrangeiro a garantir a realização das provas, a menos que o ministério da educação não reconheça qualidade aos seus próprios serviços para tal, ou haja eventuais contrapartidas não explícitas à mistura.

5.º - É incompreensível que um aluno que é obrigado a fazer um exame, dentro da escolaridade obrigatória, tenha que pagar o certificado do resultado desse exame; que aqueles que querem fazer o exame sem ser obrigados possam pagar alguma coisa, ainda se compreenderá, mas, mesmo assim, 20 euros por uma folha de papel, com as facilidades informáticas de hoje, parece um exagero.

 

O.C.