Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OuremReal

OuremReal

12.02.09

Ourém no seu melhor!


ouremreal

Dando uma olhadela pelas "últimas" cá do burgo, não há oureense que se preze que não se sinta empolgado e orgulhoso com o que se vai passando entre muros.

Três exemplos:

 

1º - Na semana passada, a Polícia Judiciária esteve na Câmara de Ourém a consultar processos de obras, casos de licenciamentos e adjudicações. Segundo o ex-presidente DC, alguém terá dito/escrito que ele, enquanto Presidente da Câmara, terá favorecido o licenciamento do centro de dia da sua terra - o Bairro - em virtude da sua mulher ser Directora Técnica desse centro; afinal, a sua mulher apenas era membro da Direcção, pelo que aquela "acusação" não tinha razão de ser. Ficámos esclarecidos!

O actual presidente VF não faz comentários. Certamente não sabe de nada!

 

2º - O valor do estacionamento pago, na sede do concelho, passou de 30 para 66 cêntimos por hora, porque a ASAE terá descoberto que do contrato que a Câmara Municipal celebrou, em 1994, com a Resopre, constava que o valor seria revisto de acordo com a inflação. Como, ao que consta, essa actualização não foi feita, quando devia, foi feita agora.

Não é só a tarifa disparatada que incomoda; é a prática, a política seguida pelo executivo municipal que "vendeu" as águas, os lixos, os esgotos, os jardins, os estacionamentos... e mais não sei o quê... numa manifestação clara de incapacidade para gerir a coisa pública, nem estar para se maçar com tarefas que dão trabalho. Aliena responsabilidades, gasta uma boa parte do orçamento municipal com contratos que não parecem rentáveis, ocupa funcionários, secretários, assessores e gabinetes de apoio com tarefas, certamente importantes, mas nem sempre compreendidas.

 

3º - O ex-presidente DC terá sido o principal impulsionador para a criação das três empresas na área dos empreendimentos turísticos e parques de negócios, sociedades anónimas em cujo capital a Câmara Municipal tem participação minoritária, com 25% numa de 250 000€; 40% noutra de 500 000€  e 49% numa terceira de 250 000€. 

Agora DC é presidente do polo turístico de Leiria - Fátima.

O seu sucessor na Câmara de Ourém, o presidente VF, mal chegou ao seu novo cargo, subscreveu uma proposta no sentido de nomear DC como representante municipal nas três sa's em questão.

Afinal é uma questão de reconhecer e aproveitar a veia turístico-empreendedora de DC!

Com a entrada em vigor do novo acordo ortográfico a conjugação reflexa do verbo nomear, no presente, poderá ser:

eu nomeio-te

tu nomeias-me

ele nomeia-se

e por aí adiante...

 

Assim vai esta terra de novos horizontes!!!

 

 

O.C.

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.