Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014
PAAC - prova de avaliação de capacidades e conhecimentos

O título é sugestivo! E refere-se a uma prova a que os professores com menos de cinco anos de serviço são sujeitos, obrigatoriamente, para poderem continuar a ter a possibilidade de vir, ou não, a ter emprego numa profissão para que foram, devidamente, habilitados pelo estabelecimento de ensino superior que frequentaram. E dizemos “devidamente habilitados”, porque, das duas, uma: ou as escolas superiores são competentes para certificar os cursos que lecionam e, assim sendo, terão que ser respeitados os diplomas que passam ou, não são competentes e os cursos são uma fraude e tem que ser o Ministério da Educação a fazer a triagem para decidir quem pode ou não pode ser professor. Acresce que, a verificar-se esta segunda hipótese, o M. da E. é conivente na fraude, porque autoriza que essas escolas funcionem.

Assistiu-se hoje a mais uma PACC! Umas centenas de professores foram fazer a prova, dando satisfação ao capricho duma equipa ministerial que não encontra melhor forma de dificultar a vida a muitos professores do que esta, de os obrigar a fazer uma prova escrita que não serve para mais nada do que isso mesmo – dificultar, desmotivar, na esperança de que desistam de lutar por um emprego e de exercer a profissão para que se habilitaram.

Contrariamente ao que o Ministério da Educação quer fazer crer, esta prova escrita não tende a melhorar a qualidade do ensino, pois ela não permite avaliar se o professor é ou não é competente para ensinar, não permite escolher entre os mais e os menos dotados para o desempenho da função docente, nem confere ao examinando qualquer formação que acrescente à que trouxe do curso superior que fez. Essa avaliação terá que ser feita, e só pode ser feita, ao longo de um curso, devidamente acompanhado por quem “saiba”, com um estágio que coloque os candidatos a professor em situação real, perante uma turma de alunos, ao longo de, pelo menos, um ano de trabalho. Não é uma hora ou duas para resolver um teste, qualquer que ele seja, que mostra quem tem ou deixa de ter capacidades e conhecimentos para ser professor.

Como se isso não bastasse, assiste-se a cenas tão caricatas como aquelas em que há docentes em exercício que vão “fazer exame” para saber se estão habilitados para exercer a profissão que, realmente, estão a exercer. E outros que, no dia seguinte aquele em que completam os 5 anos de exercício, passam a ter a competência e o conhecimento necessários que, na véspera, não lhe eram reconhecidos.

Para cúmulo, a lembrar tempos passados, foi mandada a PSP para a porta das escolas onde decorriam as provas de avaliação, numa clara tentativa de intimidar os professores e desencorajar eventuais manifestações de desagrado da sua parte. Não estaremos longe de voltar a ter a GNR a cavalo e a polícia de choque a carregar sobre quem ousar dizer não!

O.C.



publicado por ouremreal às 23:13
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
31


posts recentes

Santana - o exemplar

Terrorismo

Autárquicas 2017 - result...

Autárquicas 2017

Os incêndios e os donativ...

Eleições autárquicas

O ultimato

O diabo

Os incêndios

Cristiano e o fisco espan...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Setembro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds