Sexta-feira, 28 de Setembro de 2012
A impunidade!

A sr.ª ministra da justiça disse que o tempo da impunidade acabou.

Ora, se acabou é porque tem existido – conclusão lógica.

O que significa que a sr.ª ministra, a quem não compete fazer justiça, acusou aqueles que têm competência para a fazer – os tribunais - de a não ter feito. Se não, não haveria impunidade!

E significa também que quem sabe que há impunidade, terá de conhecer casos que deveriam ter sido punidos e não o foram. E as “pilantrices” que deveriam ter sido denunciadas! E não o foram!

Também disse que ninguém está acima da lei, o que era escusado ter sido dito, a menos que saiba de casos concretos de alguém que esteja, ou tenha estado, nessa condição e deveria ter dito os nomes.

E que tudo deve ser investigado! Mas qual tudo? Será que sabe de algum caso que deveria ter sido investigado e não o foi?

Outra coisa que a sr.ª ministra não disse foi qual o âmbito temporal desta sua determinação! Ou seja: até quando é que a tal impunidade é/foi consentida? Ou, dito de outra maneira: é só de agora em diante, ou tem efeitos retroativos?

É que, pela minha interpretação, a sr.ª ministra pareceu preocupada com o passado, talvez com algum passado mais próximo, o que, se assim for, não encaixa no ninguém está acima da lei. O que nos pode levar até…sabe-se lá aonde…!!! Porque, ou há moralidade ou comem todos! Como se costuma dizer!

Sobre o que dirão a tudo isto os agentes da justiça…é só esperar para ver! Se é que alguma vez vamos conseguir ver alguma coisa!

Mas se a pressão funcionar, corremos o risco de se desencadear um movimento investigatório tal, que não haja tribunais e pessoal suficientes para tanta investigação e tanto julgamento nos anos mais chegados!

A menos que…aquele princípio de que ninguém está acima da lei seja objeto de uma revisão, alteração, atualização, ajustamento, (uma coisa assim do género) para que seja mais “funcional” e o ninguém possa ser substituído por alguém.

E pronto, fica tudo mais fácil! E legal! Como se impõe!

 

 

O.C.



publicado por ouremreal às 00:22
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Terrorismo

Autárquicas 2017 - result...

Autárquicas 2017

Os incêndios e os donativ...

Eleições autárquicas

O ultimato

O diabo

Os incêndios

Cristiano e o fisco espan...

O aeroporto de Monte Real

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Setembro 2014

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds